28 novembro 2015

Trilha do Betari, no PETAR

Mais uma vez no PETAR, um dos Parques Estaduais de São Paulo
35.772,5 hectares abrangendo os municípios de Iporanga e Apiaí. Sítio do Patrimônio Natural da Humanidade, reunindo uma das áreas de Mata Atlântica mais preservada do Brasil. PETAR, o lugar das cavernas: mais de 300 cavernas.



Há quase um ano estivemos no PETAR. Fizemos a trilha Casa de Pedra e conhecemos as Cavernas Santana e Morro Preto. Veja aqui: Na Casa de Pedra no PETAR .Dez 2014. 21 de novembro de 2015, data marcada para retornar ao Núcleo Santana e conhecer a famosa Trilha do Betari.

A Trilha do Betari, do Núcleo Santana, é fascinante. 3,5 Km de uma trilha cheia de atrativos. Ao lado do Rio Betari, nesta trilha, há espaço para duas Cavernas (Água Suja e Cafezal), travessias no rio Betari e contemplação da maravilhosa Mata Atlântica.

Inicialmente a trilha oferece alguns pontos com pontes, passarelas, escadas etc. De um certo ponto para frente, o desafio é a passagem pelo rio, subidas estreitas entre rochas e muita emoção. Tudo muito bom!

Considerada de nível médio de dificuldade, a Trilha do Betari encanta pela beleza. Quase quatro horas de contemplação, passando pelo rio, observando plantas, ouvindo os pássaros etc.

Não sabemos da rotina normal de frequência de turistas na trilha, mas na ocasião em que estávamos, foi possível fazer a trilha com outros turistas, onde víamos diversos adolescentes e algumas crianças acompanhadas dos pais. Todos num só ritmo, maravilhados com o cenário envolvente da trilha.

Os Trilheiros. Da esquerda: Juliano, Antônio,José Florindo, Galdino e Nilton Florindo 

Fomos em seis pessoas: quem não aparece na imagem acima é o Duarte, nosso Guia. Um jovem e paciente rapaz que também conhece tudo sobre o PETAR. Ficamos muito felizes pela recepção do Duarte, que, assim como o seu irmão, Nilton, é muito atencioso e educado. Marcamos de trazer o Duarte em Nova Campina para conhecer os cânions da região. A promessa está feita!



Galdino e  Duarte

Força e vigor

A trilha de quase 8 Km  teve sabor especial. Sr. Antônio e o Sr. José mais uma vez deram um show! Ambos com idade bem acima dos demais participantes da trilha, eles esbanjaram saúde. 

José Florindo (71 anos) e  Antônio (58 anos): na frente dos jovens 

Atrativos

Os atrativos da Trlha do Betari são um convite irrecusável. Cada detalhe do local, somados à grandeza daquela mata recheada de verdes e águas límpidas e frescas, transformam-se em momentos muito agradáveis.

Passarela, escadinhas com o barulho do rio ao lado, correndo firme rumo ao encontro de outras águas. As travessias e, a cada ponto percorrido, o desejo de ver as duas cachoerias, a Betarzinho e Andorinhas. Tudo isso e mais o bom clima de amizade entre os integrantes da trilha, fizeram deste passeio um momento maravilhoso entre as serras do PETAR.

Cachoeira do Betarzinho



Cachoeira das Andorinhas,no final da Trilha.Um encanto de cachoeria;35 metros
Observações importantes

Nilton Florindo, autor do site:Iporanga na NET , que noticia tudo sobre Iporanga, este aqui da foto abaixo, passando um sufoco para atravessar o "Betari" (risos). Um cara gente fina!Gente boa! Graças ao seu esforço e amizade, fomos pela segunda vez viver as aventuras oferecidas pelo PETAR.Valeu, Nilton!

João Silva
, outro parceiro e pessoa ímpar, de um caráter exemplar. Não foi com a gente dessa vez, mas na próxima não terá desculpas, hein, João ?!!

Duarte, também membro da família Florindo. "Gente boa" igual aos seus irmãos! Valeu Duarte! Obrigado pelo passeio!

José Florindo. Bem, sobre ele, não posso deixar de registar os parabéns. Parabéns e Obrigado!

Parabéns pela saúde! Parabéns pelos filhos! E..... Obrigado mais uma vez!

Galdino e Antônio. Dois amigos de caminhada. Sempre juntos nas aventuras. Valeu, amigos!

Outro Duarte. Marcos Duarte. Nosso amigo do Portal D Moto.Grande aventureiro e que conhece muito bem o nosso Brasil, com suas lindas motocicletas. Era para estar  nesta aventura, mas devido ao seu estado de saúde, ele não pode estar presente. Ele tem umas pedrinhas no rim!


Esperamos você numa próxima, Marcos! 

Júnior PETAR. Não tirei uma foto. Esqueci. Numa próxima aventura quero conhecer o trabalho do Júnior, um expoente dentro do PETAR.Nas pesquisas sobre o PETAR na internet, ele e sua família são destaques. Uma história que dá gosto de estudar.Ainda vou fazer uma postagem sobre esse assunto. Dá uma olhada na Pousada da Diva, Parque Aventuras, Glamping Magarito. Vale a pena conhecer!

Luiz Agnaldo. Este também é um ótimo profissional.Recomendo seus trabalhos. Proprietário da IPOTUR (Agência de passeios do PETAR), ele também tem a Pousada Looze.
Em duas ocasiões contratamos seus serviços para monitoria aos alunos aqui de Nova Campina. (No PETAR com os alunos 1, No PETAR com o s alunos II)

Voltando ao PETAR

,
Passagens pelo Rio Betari;Nilton quase desiste da travessia .... 




Nos meus 70 quero fazer trilhas igual ao Seu José!





Algumas travessias mais fáceis e outras nem tanto 





É preciso preservar 



Caverna Água Suja - Essa caverna também é gigantesca. Cortada por um rio, a entrada possibilita diversas passagens pelas águas, o que dá muito mais emoção ao passeio.Com aproximadamente 1.800 metros de extensão, possui 800 metros para visitação.




Juliano e Antônio na entrada da Caverna.Foto:Nilton Florindo


Imagens da Caverna - Nilton Florindo




Olha o Galdino aí!

Infraestrutura: fruto de trabalho e união







Mais fotos desta postagem: Clique aqui